Ciência, Democracia e Saúde Mental

Gislene Farias de Oliveira, Fernanda Andrade Lima, Grace Wanderley de Barros Correia

Resumo


É inegável em todos os lugares deste país, em todas as faixas sociais, das mais
abastadas até as menos favorecidas, um certo grau de insatisfação e até de revolta por conta
das controversas questões políticas.
Diante deste quadro sócio-político-econômico, que interfere no corpo e na psiquê
humana, a Revista Latino-americana de Psicologia Corporal acredita ser adequado, abrir
espaço para uma breve reflexão a esse respeito.
Os avanços democráticos que obtivemos nos últimos anos é grandioso e significativo
para o desenvolvimento da cidadania e da população brasileira. É muito triste e inadmissível,
sob qualquer pretexto, romper com nossos direitos e avanços sociais. Embora possam existir
insatisfações políticas, as posições antidemocráticas ferem qualquer principio e valor
humano.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.