A Análise bioenergética e o Clown: Novas possibilidades para o cuidado em Saúde mental

Lis Cavalcanti, Fernanda Andrade Lima

Resumo


O presente artigo pretende relatar uma proposta de intervenção grupal, que se baseou num processo criativo desenvolvido em um CAPS I da cidade de Afrânio-PE. Tal experiência propõe trazer à luz a interface entre a metodologia de formação em técnicas de clown (palhaço) e os fundamentos básicos da Análise Bioenergética e, como ambas podem contribuir para o processo de cuidado e recuperação de adictos e pessoas com transtornos mentais. Considera que essa interconexão obteve bons resultados, proporcionando aos usuários o resgate da ludicidade, ampliação da criatividade e espontaneidade, amenização das tensões, maior contato corporal e emocional. Isto repercutiu significativamente em aspectos como: o fortalecimento do vínculo entre os participantes, maior assiduidade e compromisso dos usuários com o tratamento no CAPS, contribuindo na aplicabilidade de novas intervenções em saúde mental.


Texto completo:

PDF

Referências


AFRÂNIO (Município). Secretaria Municipal de Saúde. Projeto Terapêutico do CAPS I – Raimundo Fernandes Rodrigues. Afrânio, 2013

BRONDANI, J. A.Clown, absurdo e encenação: processos de montagem dos espetáculos “godô”, “trattoria” e “joguete”. 2006. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas. Escola de Teatro/Escola de Dança, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2006.

BURNIER, L. O. A arte de ator: da técnica à representação. Elaboração, codificação e sistematização de técnicas corporais e vocais de representação para o ator. Ed. Unicamp, Campinas, São Paulo, 2001.

FERRACINI, R.A Arte de Não Interpretar Como Poesia Corpórea do Ator. Campinas, São Paulo: UNICAMP, 2001.

____________. (Org.).Corpos em Fuga, Corpos em Arte – Uma Odisséia do corpo pesquisador.São Paulo: FAPESP e Editora Hucitec, 2006.

FLORES, Z. A. V.; ROCHO, M. L. F.V. Saúde em cena, uma experiência viva em arteterapia. 2010. Monografia (Especialização) –Faculdade Vicentina de Curitiba/PR e INTEGRARTE, Belo Horizonte, 2010.

HARRIS, S. Palhaçaria (clown) e Terapias Corporais: Possíveis ligações para o trabalho criativo. In: ENCONTRO PARANAENSE, CONGRESSO BRASILEIRO DE PSICOTERAPIAS CORPORAIS, XVI, XI, 2011. Anais. Curitiba: Centro Reichiano, 2011. [ISBN – 978-85-87691-21-7]. Disponível em: Acesso em: 04 novembro 2012.

LECOQ,J. Cuerpo poético: Una pedagogia de lacreación teatral.Traducción y adaptación al español de JoaquínHinojora y Maríadel Mar Navarro, Barcelona, Alba Editorial, 2003.

LOWEN, A. Alegria: a entrega ao corpo e à vida. São Paulo: Editora Summus,1997.

______. Bioenergética. São Paulo: Summus Editora, 1982.

______. O corpo em Terapia: A abordagem bioenergética. São Paulo: Summus Editora, 1977.

LOWEN. A.; LOWEN, L. Exercícios de bioenergética: o caminho para uma saúde vibrante. São Paulo: Ágora, 1985.

MINISTÉRIO DA SAÚDE; SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE; DEPARTAMENTO DE AÇÕES PROGRAMÁTICAS ESTRATÉGICAS. Saúde Mental no SUS: Os Centros de Atenção Psicossocial, Brasília: Ministério da Saúde, 2004. Disponível em: Acesso em: 17 Agosto 2015.

NOGUEIRA, T. A. Grupo de movimento: conceituação, estado da arte e aplicação na área educacional. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Psicologia. Instituto de Psicologia da Universidadede São Paulo, São Paulo, 2010.

REICH, W.Análise do Caráter. São Paulo: Martins Fontes, 1972.

______. A Função do Orgasmo: problemas econômicos sexuais da energia biológica. São Paulo: Brasiliense, 1978.

WUO, A. E. Clown, processo criativo: rito de iniciação e passagem. Tese (Doutorado). Faculdade de Educação Física – UNICAMP, Campinas, SP, 2005.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.