O Trabalho Respiratório como Ferramenta Psicoterapêutica: Uma Revisão embasada na Psicologia Corporal

Fabio Martins Vieira, Fernanda de Souza Fernandes, Jeverson Rogério Costa Reichow, Maykon Quagliotto Bernardo

Resumo


Resumo: Este estudo buscou demonstrar a relevância do trabalho respiratório enquanto ferramenta de intervenção psicoterapêutica. Utilizou-se a metodologia de revisão bibliográfica com análise qualitativa, sob a ótica da Psicologia Corporal. Foram encontrados 13 artigos e teses relacionados ao tema, publicados entre 2007 até 2017, com as palavras chave “respiração” e “psicologia”. O trabalho respiratório se mostrou efetivo enquanto ferramenta complementar utilizada pela Psicologia Corporal, Terapia Cognitivo-Comportamental e Psicologia Transpessoal. Verificou-se sua capacidade de modulação do Sistema Nervoso Autônomo e de redução dos sintomas de estresse, depressão, fadiga, tensão, confusão mental e raiva, além do auxílio no desenvolvimento da consciência corporal, consciência emocional, capacidade de autorregulação do organismo e de alcançar estados holotrópicos de consciência. Percebeu-se a necessidade de ampliação dos estudos para exploração e sistematização de diferentes técnicas.

 

Palavras-chave: Respiração, Psicologia Corporal, Psicoterapia.


Texto completo:

PDF

Referências


BAKER, Elsworth Fredrick. O labirinto humano: causa do bloqueio da energia sexual. 4.ed. Tradução de Maria Sílvia Mourão Netto. São Paulo: Summus, 1980, 322p.

BOADELLA, David. Nos caminhos de Reich. Tradução de Elisiane Reis Barbosa Rebelo, Maria Silvia Mourão Netto e Ibanez de Carvalho Filho. São Paulo: Summus, 1985, 339p.

BOADELLA, David. Correntes da vida: uma introdução à biossíntese. 2.ed. Tradução de Cláudia Soares Cruz. São Paulo: Summus, 1992, 198p.

BOMBARDELLI, Pablo; PORTO, Marcelo. Técnicas do yoga como ferramenta convergente da vegetoterapia-caracteroanalítica, 2016, In: VOLPI, José Henrique; VOLPI, Sandra Mara (Org.) CONGRESSO BRASILEIRO DE PSICOTERAPIAS CORPORAIS, 21., 2016, Curitiba. Anais...Curitiba: Centro Reichiano, 2016, p. 119-129. Disponível em < http://www.centroreichiano.com.br/artigos/Anais_2016/2016_pdf/ANAIS_Congresso_2016.pdf>. Acesso em 30 jan. 2017.

CAMPAGNONE, Larissa Zanelato. Aproximações entre a psicoterapia e a yoga. 2013. 79f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo / PUC-SP, São Paulo, 2013. Disponível em: < https://sapientia.pucsp.br/bitstream/handle/15315/1/Larissa%20Zanelato%20Campagnone.pdf> Acesso em 23 abr. 2017.

CARDOSO, Gabriela Santos Stilita. Manejo de estresse para pacientes com HIV / AIDS por meio da TCC. Revista Brasileira de Terapias Cognitivas, Rio de Janeiro, v.9, n.1, jun. 2013. Disponível em: Acesso em 18 abr. 2017.

CHICAYBAN, Livia de Matos; MALAGRIS, Lucia Emmanoel novaes. Breathing and relaxation training for patients with hypertension and stress. Estudos de Psicologia, Campinas, v.31, n.1, p. 115-126, jan-mar 2014. Disponível em: Acesso em 10 mar. 2017.

GRANER, Karen Mendes; COSTA JUNIOR, Anderson Luiz; ROLIM, Gustavo Sattolo. Dor em oncologia: intervenções complementares e alternativas ao tratamento medicamentoso. Temas em Psicologia, Ribeirão Preto, v.18, n.2, 2010. Disponível em: < http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-389X2010000200009&lng=pt&nrm=iso> Acesso em 18 abr. 2017.

KING, Ana Lucia Spear; VALENÇA, Alexandre Martins; MELO-NETO, Valfrido Leão; NARDI, Antonio Egidio. A importância do foco da terapia cognitivo comportamental direcionado às sensações corporais no transtorno do pânico: relato de caso. Revista de Psiquiatria Clínica, São Paulo, v.34, n.4, 2007. Disponível em: < http://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/lil-467568>. Acesso em 06 mai 2017.

KING, Ana Lucia Spear; VALENÇA, Alexandre Martins; MELO-NETO, Valfrido Leão; FREIRE, Christophe; MEZZASSALMA, Marco André; OLIVEIRA, Adriana Cardoso; NARDI, Antonio Egidio. Efficacy of a specific model for cognitive-behavioral therapy among panic disorder patients with agoraphobia: a randomized clinical trial. Revista da Associação Paulista de Medicina, São Paulo, v.129, n.5, 2011. Disponível em: < http://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/lil-604793>. Acesso em 06 mai 2017.

LATTERZA, Andréa Romero; KADAMOTO, Harry Tadashi; OLIVEIRA, Acary Souza Bulle; FONTES, Sissy Veloso. Técnicas da psicologia transpessoal que induzem aos estados ampliados da consciência como cuidado integrativo: revisão da literatura. Revista da Universidade Ibirapuera, São Paulo, v.8, p. 47-55, jul-dez 2014. Disponível em: < http://seer.unib.br/~unib5/seer/seer_unib/index.php/rev/article/view/71> Acesso em 02 mai. 2017.

LOWEN, Alexander. O prazer de estar cheio de vida. In: Prazer: uma abordagem criativa da vida. 6.ed. Tradução de Ibanez de Carvalho Filho. São Paulo: Summus, 1984, p. 29-54.

LOWEN, Alexander. Medo da Vida: caminhos da realização pessoal pela vitória sobre o medo. 9.ed. Tradução de Maria Sílvia mourão Netto. São Paulo: Summus, 1986, 254p.

LOWEN, Alexander. A espiritualidade do corpo: bioenergética para a beleza e harmonia. Tradução de Paulo Cesar de Oliveira. 12.ed. São Paulo: Pensamento, 2007, 229p.

LOZANO, Mirna Delposo. O efeito do controle respiratório em variáveis eletrofisiológicas da atenção. 2016. 49 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia da Saúde) – Universidade Metodista de São Paulo, São Bernardo do Campo, 2016. Disponível em: Acesso em 10 mar. 2017.

LUIZ, Andreia Mara Angelo Gonçalves. Efeitos de um programa de intervenção cognitivo-comportamental em um grupo para crianças obesas. 2010. 111 f. Tese (Doutorado em Ciências, Área: Psicologia) – Faculdade de Filosofia, Ciências, e Letras de Ribeirão Preto da USP, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-21102013-160131/pt-br.php>. Acesso em 03 mai. 2017.

MENEZES, Carolina Baptista; BIZARRO, Lisiane; TELES, Shirley. Yoga, psychophysiology, and health: studies from the Yoga Department Research, Patanjali University, India. Temas em Psicologia, Ribeirão Preto, v.21, n.2, 2013. Disponível em: < http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-389X2013000200009> Acesso em 19 abr. 2017.

NAVARRO, Federico. Caracterologia pós-reichiana. Tradução de Cibele dos Santos Coelho. São Paulo: Summus, 1995, 93p.

NEVES NETO, Armando Ribeiro. As técnicas de respiração para a redução do estresse em terapia cognitivo-comportamental. Arquivos Médicos dos Hospitais e da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. v.56, n.3, p. 158-168, 2011. Disponível em: Acesso em 11 abr. 2017.

PEREIRA, Christiano de oliveira. Análise bioenergética além do yoga: saúde integral rumo à espiritualidade. 2010. 43f. Monografia (Especialização em Psicologia Corporal) – Centro Reichiano, Curitiba, 2010. Disponível em: . Acesso em 17 mai. 2017.

REICH, Wilhelm. A linguagem expressiva da vida. In: Análise do caráter. 3.ed. Tradução de Ricardo Amaral do Rego. São Paulo: Martins Fontes, 1998, p. 329-366.

REICHOW, Jeverson Rogério Costa. Respiração, energia e consciência. In: VOLPI, José Henrique; VOLPI, Sandra Mara (Org.) CONVENÇÃO BRASIL/LATINO AMÉRICA, 13. 2., 2008, Curitiba. Anais...Curitiba: Centro Reichiano, 2008. Disponível em: < http://www.centroreichiano.com.br/artigos/Anais%202008/Jeverson%20Rog%C3%A9rio%20Costa%20Reichow.pdf>. Acesso em 15 mai. 2017.

SBISSA, Pedro Paulo Mendes. Efeito da respiração controlada e da meditação mindfulness sobre a variabilidade da frequência cardíaca. 2014, 299 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, Florianópolis, 2014. Disponível em: 10 abr. 2017. . Acesso em 20 abr. 2017.

SIEGEL, Pamela; TURATO, Egberto Ribeiro. A possible dialogue between analytical psychology and complementary and alternative medicine. Temas em Psicologia, Ribeirão Preto, v.24, n.4, dez 2016. Disponível em: < http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-389X2016000400018&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em 03 mai. 2017.

VOLPI, José Henrique; VOLPI, Sandra Mara. Reich: da vegetoterapia à descoberta da energia orgone. Curitiba, PR: Centro Reichiano, 2003, 144p.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.