Corpo Padrão: Um Estudo sobre as Concepções do Corpo Feminino Exposto pela Mídia

Rafael Cândido Tomaz, Erika Suyanne Sousa Silva, Marcos Antônio Araújo Bezerra, José de Caldas Simões Neto, Ariza Maria Rocha

Resumo


Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa. Adotou-se ainda a revisão integrativa da literatura. A coleta de dados foi realizada em duas etapas, sendo a primeira em uma busca avançada nas bases de dados Plataforma Periódicos CAPES e na Biblioteca Virtual Scielo. Os critérios de inclusão definidos para a seleção dos artigos foram: últimos 09 anos, artigos originais, em língua portuguesa e que se aproximem da temática após leitura dos títulos e resumos, foram excluídos da pesquisa aqueles que se distanciaram da temática após leitura na íntegra, não gratuitos e duplicados. Por meio desse processo, obteve-se 10 artigos para discussão. As ideias apresentadas na presente revisão, demonstram que a mídia é o principal meio de manipulação e alusão para um corpo perfeito, e vem sempre inovando as suas formas de manipulação e modulação na sociedade. Nesse sentido, os autores refletem a pertinência deste estudo, uma vez que tecer informações sobre a temática nos compromete ainda mais nas ações de cuidado, bem como nossa implicação política enquanto pesquisador e/ou profissional.


Texto completo:

PDF

Referências


ACAD. Associação Brasileira de Academia. Brasil no top 10 mundial. Revista ACAD Brasil, 15(2), 22- 26. 2014. Disponível em: http://www.acadbrasil.com.br/revista/revista66/ index.html Acesso em 11 Nov. 2019.

ADAMS, G. R. Physical attractiveness, personality, and social reactions to peer pressure. The Journal of psychology, v. 96, n. 2, p. 287-296, 1977. Disponível em: https://www.tandfonli ne.com/doi/abs/10.1080/00223980.1977.9915911 Acessado em: 12 Mar 2019.

AINETT, W. S. O.; COSTA, V. V. L.; SÁ, N. N. B. Fatores associados à insatisfação com a imagem corporal em estudantes de Nutrição. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento, v. 11, n. 62, p. 75-85, 2017. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo? codigo=5827257 Acessado em 01 Nov. 2019.

ALVARENGA, M. S. et al. Insatisfação com a imagem corporal em universitárias brasileiras. Jornal brasileiro de psiquiatria, v. 59, n. 1, p. 44-51, 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo. php?pid=S0047-20852010000100007&script=sci_arttext Acessado em: 11 Nov 2019.

AVELAR, C. F. P; VEIGA, R. T. Beleza não põe mesa? Entendendo a vaidade feminina utilizando a autoestima e a personalidade. Anais do Encontro Nacional dos Programas de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração - ENANPAD, v. 35, Rio de Janeiro, RJ, Brasil 2011. Disponível em: http://www.anpad.org.br/admin/pdf/MKT1898.pdf Acesso em 11 Nov. 2019.

BLOCH, P. H.; RICHINS, M. L. Attractiveness, adornments, and exchange. Psychology and Marketing, v. 10, p. 467-467, 1993. Disponível em: https://www.researchgate.net/profile/ Marsha_Richins/publication/230192189_Attractiveness_adornments_and_exchange/links/59ecc6b34585151983ccd34d/Attractiveness-adornments-and-exchange.pdf Acessado em 15 Nov. 2019.

BRACHT, V. A constituição das teorias pedagógicas da educação física. Cadernos Cedes, v. 19, n. 48, p. 69-88, 1999. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-32621999000100005&script=sci_arttext Acessado em 15 Nov. 2019.

BRANDL, C. E. H. Dualidade corpo-mente e paradigmas da Educação Física. In: PERES, L.S.; BRANDL, C.E.H.; BRANDL NETO, I. Educação Física: Abordagem histórica do corpo e novas perspectivas. Cascavel: Edunioeste, 1998.

CARON, C. F. A influência da moda na ditadura da beleza feminina. In Anais dos Colóquios de Moda. Faculdade de Tecnologia Senai Blumenau. 2014. Disponível em: http://www.coloquiomoda.com.br/anais/ Coloquio%20de%20Moda%20-%202006/artigos/27.pdf Acessado em 15 Nov. 2019.

CASH, T. F. Cognitive-behavioral perspectives on body image. In Encyclopedia of body image and human appearance. Elsevier Academic Press. p. 334–342, 2012. Disponível em: https://psycnet.apa.org/record/2012-14627-050 Acessado em 11 Nov. 2019.

CASTRO, A. L. Culto ao corpo e sociedade: mídia, estilos de vida e cultura de consumo. 2.ed. São Paulo: Annablume, 2007.

CHATAIGNIER, G. Vintage: a cultura de segunda mão e o resgate cultural da memória brasileira. in CASTILHO, K.; GALVÃO, D. (Org.) A moda do corpo e o corpo da moda. São Paulo: Esfera, p. 9-22, 2002.

CONTI, M. A. et al. Estudo de validação e reprodutibilidade de uma escala de silhueta para adolescentes. Psicologia em Estudo, v. 14, n. 4, p. 699-706, 2009. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-73722009000400010&script=sci_arttext &tlng=pt Acessado em 15 Nov. 2019.

CONTI, M. A.; BERTOLIN, M. N. T.; PERES, S. V. A mídia e o corpo: o que o jovem tem a dizer?. Ciência & Saúde Coletiva, v. 15, p. 2095-2103, 2010. Disponível em: https://www.scielosp.org/article/csc/2010.v15n4/2095-2103/ Acessado em 01 Nov. 2019.

COSTA, J. F. O vestígio e a aura: corpo e consumismo na moral do espetáculo. Editora Garamond, 2005.

COSTA, V. M. M. Corpo e História. Revista ECOS, v.10, n.1, p.245-258, 2011. Disponível em: https://periodicos.unemat.br/index.php/ecos/article/view/777 Acessado em 15 Nov. 2019.

DAÓLIO, J. A antropologia social e a educação física: possibilidades de encontro. Educação física e ciências humanas. São Paulo: Hucitec, p. 27-38, 2001.

DAÓLIO, J. Da cultura do corpo. 3.ed. Campinas: Papirus, 1995.

ECO, U. (Org.). História da beleza. Tradução de Eliana Aguiar. Rio de Janeiro: Record, 2004.

FEATHERSTONE, M. O curso da vida: corpo, cultura e o imaginário no processo de envelhecimento. In DEBERT, G. G. (Org.) Antropologia e velhice. Campinas: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Estadual de Campinas, p. 49-71, 1994.

FISCHLER, C. Obeso benigno, obeso maligno. In: SANT´ANNA, D, B. (org). Políticas do corpo: Elementos para uma história das práticas corporais. São Paulo: Estação Liberdade, 1995 p.60 80.

FONTANELLA, F. I. A estética do Brega: cultura de consumo e o corpo nas periferias do Recife. Dissertação de Mestrado em Comunicação Social da Universidade Federal de Pernambuco. Recife-PE, 2005. Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/handle/ 123456789/3455 Acessado em 01 Dez 2019.

FOUCAULT, M. Vigiar e punir: O nascimento da prisão. Petrópolis, Vozes, 1987.

FREITAS, C. M. S. M. et al. O padrão de beleza corporal sobre o corpo feminino mediante o IMC. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, v. 24, n. 3, p. 389-404, 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1807-55092010000300010& script=sci_arttext&tlng=pt Acessado em 30 Out. 2019.

GARRITANO, E. J.; SADALA, G. O adolescente e a cultura do corpo na contemporaneidade. Revista Inter Ação, v. 34, n. 2, p. 485-512, 2009. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/interacao/article/view/8506 Acessado em 01 Dez 2019.

GOETZ, E. R. Beleza e plasticomania. Curitiba: Juruá, 2013.

GOLDENBERG, M.; RAMOS, M. S. A civilização das formas: o corpo como valor. In M. Goldenberg (Org.). Nu & vestido: dez antropólogos revelam a cultura do corpo carioca. Rio de Janeiro: Record, p. 19-40, 2002.

GROGAN, S. Body image: Understanding body dissatisfaction in men, women and children. Londres: Routledge Publishers, 2017.

GUTHRIE, M. F.; KIM, H-S. The relationship between consumer involvement and brand perceptions of female cosmetic consumers. Journal of Brand Management, v. 17, n. 2, p. 114-133, 2009. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1057/bm.2008.28 Acessado em 01 Dez 2019.

HEINZELMANN, F. L. et al. A tirania da moda sobre o corpo: submissão versus subversão feminina. Revista Subjetividades, v. 14, n. 2, p. 297-305, 2014. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/5275/527553106012.pdf Acessado em 01 Nov. 2019.

HUNT, K. A.; FATE, J.; DODDS, B. Cultural and social influences on the perception of beauty: A case analysis of the cosmetics industry. Journal of Business Case Studies, v. 7, n. 1, 2011. Disponível em: https://clutejournals.com/index.php/JBCS/ article/view/1577 Acessado em 01 Dez 2019.

JANSEN, R. Pela cirurgia plástica, brasileiras buscam seios e nádegas maiores. Globo Saúde, 2010. Disponível em: http://oglobo.globo.com/vivermelhor/mulher/mat/2010/08/15/ pela-cirurgia-plastica-brasileiras-buscam-seios-nadegas-maiores-917398162.asp Acessado em 01 Nov. 2019.

JONES, G. Blonde and blue‐eyed? Globalizing beauty, c. 1945–c. 1980 1. The Economic History Review, v. 61, n. 1, p. 125-154, 2008. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com /doi/abs/10.1111/j.1468-0289.2007.00388.x?casa_token=T-nt1xLwWNYAAAAA:xyQEE8X y7FNlN4-pLcMuh74-M7KWrTRAvK2P4olbooG9baPJ3A_GjXSfFj_iCok91aeL3_ju24B DR1Zp Acessado em 01 Nov. 2019.

KIM, S.; SEOCK, Y-K. Impacts of health and environmental consciousness on young female consumers' attitude towards and purchase of natural beauty products. International Journal of Consumer Studies, v. 33, n. 6, p. 627-638, 2009. Disponível em: https://onlinelibrary.wile y.com/doi/abs/10.1111/j.1470-6431.2009.00817.x?casa_token=UMtO-BbX0EQAAAAA:cVS SbNG-08jT73D9ts55nOMcKAqk1q9mRnap1ty56cJ9rO1Uc44lBKZYWVBtkU24AWzgZG P0ijU5YCv- Acessado em 01 Nov. 2019.

LE BRETON, D. Antropologia do corpo e modernidade. Trad. DOS SANTOS C., F. Vozes. Petrópolis: Brasil, 2012.

LEAL, V. C. L. V. et al. O corpo, a cirurgia estética e a saúde coletiva: um estudo de caso. Ciência & Saúde Coletiva, v. 15, p. 77-86, 2010. Disponível em: https://www.scielosp.org/article/csc/2010.v15n1/77-86/pt/ Acessado em 01 Nov. 2019.

LOPES, A. F; MENDONÇA, E. S. Ser jovem, ser belo: a juventude sob holofotes na sociedade contemporânea. Revista Subjetividades, v. 16, n. 2, p. 20-33, 2016. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/5275/527554777011.pdf Acessado em 1 Nov 2019.

MALLER, R. G.; REISS, S. Anxiety sensitivity in 1984 and panic attacks in 1987. Journal of anxiety disorders, v. 6, n. 3, p. 241-247, 1992. Disponível em: https://www.science direct.com/science/article/pii/0887618592900367 Acessado em 01 Nov. 2019.

MARQUES, R. S.; OLIVEIRA, A. P.; ASSIS, M. R. Prevalência de insatisfação com a imagem corporal entre estudantes de educação física. Corpus et Scientia, v. 9, n. 1, p. 65-78, 2013. Disponível em: http://apl.unisuam.edu.br/revistas/index.php/corpusetscientia/article/ view/254 Acessado em 1 Nov 2019.

MARTINS, V. L. Valores estéticos e estigmas sociais ligados ao culto à beleza. Revista Científica Intraciência, v. 2, n. 1, p. 27-105, 2010. Disponível em: https://docplayer.com.br/ 5393869-Valores-esteticos-e-estigmas-sociais-ligados-ao-culto-a-beleza.html Acessado em 1 Nov 2019.

MAUSS, M. As Técnicas do Corpo. In: MAUSS, M. Sociologia e Antropologia. Tradução: Paulo Neves. São Paulo: Cosac e Naify. p.399-422. 2003.

MERLEAU-PONTY M. L’Oeil et l’esprit. Paris: Gallimard; 1960.

MERLEAU-PONTY, M. Fenomenologia da percepção. 2- ed. – São Paulo: Martins Fontes, 1999.

MIRANDA, V. P. N. et al. Insatisfação corporal em adolescentes brasileiros de municípios de pequeno porte de Minas Gerais. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, v. 60, n. 3, p. 190-197, 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0047-20852011000300007&script=sci_arttext Acessado em 30 Out. 2019.

MOWEN, J. C.; MINOR, M. S. Comportamento do consumidor. São Paulo: Pearson, 2003.

NÓBREGA, T. P. Uma fenomenologia do corpo. São Paulo: Editora Livraria da Física, p. 393-403, 2010.

NÓBREGA, T. P.; MENDES, M. I. B. S; GLEYSE, J. Compreensões de corpo na educação física: análise de conteúdo das revistas EPS (França) e RBCE (Brasil). Revista Brasileira de Ciências do Esporte. Vol.38, n.3, p. 227-234. 2016. Disponível em: https://www.scielo.br /scielo.php?pid=S0101-32892016000300227&script=sci_abstract&tlng=pt Acessado em 01 Nov. 2019.

NOVAES, J. V. O intolerável peso da feiúra: sobre as mulheres e seus corpos. Rio de Janeiro: Garamond, 2006.

RIGONI, A. C. C.; NUNES, F. G. B.; FONSECA, K. M. O culto ao corpo e suas formas de propagação na rede social Facebook: implicações para a Educação Física escolar. Motrivivência, v. 29, p. 126-143, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php /motrivivencia/article/view/47386 Acessado em 01 Nov. 2019.

ROUSSO, F. A beleza através da história. In FAUX, DS et al. Beleza do Século. São Paulo: Cosac & Naify, p. 25-78, 2000.

SANT´ANNA, D. B. É possível realizar uma história do corpo? In: SOARES, C (org.) Corpo e História. Coleção: Educação Contemporânea. São Paulo: Editora Autores Associados, 2006.

SANTIN, S. Ciência, cientificidade e cientista. In Textos malditos. Porto Alegre: Edições EST, p. 29-38, 2002.

SANTOS, K. M. C.; ZANOTTI, S. V. Adolescência e corpo: Ideais contemporâneos? Rev. Polêm!ca, 12(4), 809-820, 2013. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index .php/polemica/article/view/8650 Acessado em 01 Nov. 2019.

SANTOS, L. A. Corpo, mídia e mercado: o corpo objeto de discurso publicitário. Rev. e-Com, v. 4, n. 1, 2011. Disponível em: https://unibh.emnuvens.com.br/ecom/article/view/604 Acessado em 01 Nov. 2019.

SEVERIANO, M. F. V.; RÊGO, M. O.; MONTEFUSCO, E. V. R. O corpo idealizado de consumo: paradoxos da hipermodernidade. Revista Mal-estar e Subjetividade, v. 10, n. 1, p. 137-165, 2010. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/271/27116941007.pdf Acessado em 30 Out. 2019.

SMOLAK, L.; THOMPSON, J. Body image, eating disorders, and obesity in youth: Assessment, prevention, and treatment. American Psychological Association, p. 41-66, 2009. Disponível em: https://psycnet.apa.org/record/2008-16704-000 Acessado em 30 Out. 2019.

STENZEL, L. M. Servir (vir a ser): o imperativo do corpo magro na contemporaneidade. In STREY, M. N.; CABEDA, S. T. L. Corpos e subjetividades em exercício interdisciplinar. Porto Alegre: EDIPUCRS p. 179-194, 2004.

STREHLAU, V. I.; CLARO, D. P.; LABAN NETO, S. A. A vaidade impulsiona o consumo de cosméticos e de procedimentos estéticos cirúrgicos nas mulheres? Uma investigação exploratória. Revista de administração, v. 50, n. 1, p. 73-88, 2015. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0080210716303806 Acessado em 01 Nov. 2019.

TUCHERMAN, I. Forever Young: a juventude como valor contemporâneo. Revista Logos, p. 134-150, 2004. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/logos/article /view/14898 Acessado em 30 Out. 2019.

UCHÔA, F. N. M. et al. Causas e implicações da imagem corporal em adolescentes: um estudo de revisão. Cinergis, v. 16, n. 4, 2015. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/cinergis/article/view/6936 Acessado em 01 Nov. 2019.

VACKER, B; KEY, W. R. Beauty and the beholder: The pursuit of beauty through commodities. Psychology & Marketing, v. 10, n. 6, p. 471-494, 1993. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1002/mar.4220100603 Acessado em 30 Out. 2019.

VIEIRA, K. M. F. O corpo da mulher em correção: subjetividade e cirurgia estética. Fortaleza: Universidade de Fortaleza, 2006. Disponível em: http://www.dominiopublico. gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=144507 Acessado em 02 Nov. 2019.

VILHENA, J.; NOVAES, J. V.; ROCHA, L. Comendo, comendo e não se satisfazendo: apenas uma questão cirúrgica? Obesidade mórbida e o culto ao corpo na sociedade contemporânea. Revista Subjetividades, v. 8, n. 2, p. 379-406, 2008. Disponível em: http://periodicos.unifor.br/rmes/article/view/1655 Acessado em 02 Nov. 2019.

WOLF, N. O. Como as imagens de beleza são usadas contra as mulheres. Tradução de Waldéa Barcellos. Rio de Janeiro: Rocco, 1992.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.