A Solidão como herança e destino inexoráveis: uma abordagem transgeracional e bioenergética da obra “Cem anos de solidão”

Cristina Maria Parra Barbosa, Périsson Dantas do Nascimento

Resumo


O presente trabalho tem a proposta focalizar o tema referente à transmissão de conteúdos e experiências psíquicas entre gerações e sua correlação com a constituição caracterológica do indivíduo. Para isso, foi elaborada uma análise da obra Cem anos de Solidão, do Gabriel Garcia Márquez, sob a ótica da transmissibilidade transgeracional. A psicanálise desenvolveu teorias sobre a herança psíquica transmitida entre as gerações que ocorre por meio de processos inconscientes, influenciando na formação do ego e dos sintomas. Já as psicoterapias corporais voltaram-se para uma discussão sobre a influência dos genes no comportamento e na transmissão interpsíquica dos traços de caráter.  Nesse sentido, constatamos a transmissão transgeracional de traços psicóticos através de conteúdos inconscientes encriptados e sua relação com a solidão oriunda a todos os personagens da trama. Verificamos que a transmissão da solidão (e da loucura) faz parte da constituição do ego de cada personagem, que irá moldar seu caráter e, consequentemente, um destino inexorável de repetição sintomática.


Texto completo:

PDF

Referências


ENRIQUEZ, M. O delírio como herança. In R. Kaës, H. Faimberg, M. Enriquez & J.J. Baranes, Transmissão da vida psíquica entre gerações. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2001. p. 95- 127.

KAËS, R. Introdução ao conceito de transmissão psíquica no pensamento de Freud. In: R. Kaës, H. Faimberg, M. Enriquez & J.J. Baranes, Transmissão da vida psíquica entre gerações. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2001. p. 27- 69

LOWEN, A. O corpo em terapia – a abordagem bioenergética. São Paulo: Summus, 1977.

__________. Medo da Vida: caminhos da realização pessoal pela vitória sobre o medo. São Paulo: Summus, 1986.

MARQUEZ, G.G. Cem anos de Solidão. Rio de Janeiro: Editora Sabiá, 1970.

NAVARRO, F. Caracteriologia pós-reichiana. São Paulo: Summus, 1995.

REICH, W. A função do Orgasmo. São Paulo: Editora Brasiliense, 1976. (Trabalho original publicado em 1942).

_________. Análise do Caráter ( 3ª ed.). São Paulo: Martins Fontes, 1998. (Trabalho original publicado em 1948)

TONELLA, G. Terapia Psicocorporal e Psicose, 2006. Disponível em: http://www.cfab.info/attachments/139_Tonella_Terapia_e_Psicose_2006__PT.pdf.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.